Sobre o falecimento de George Michael (1963 – 2016) — Aventar

Entretanto, na galáxia das redes sociais, o feed entupiu-se de exéquias virtuais de ocasião, não raras vezes escritas por indivíduos para quem o falecido mais não foi do que aquele cantor gay que foi apanhado numa casa de banho pública em preparos pouco ortodoxos. Mas hoje a comunidade social-tecnológica está de luto pelo que se […]

via Sobre o falecimento de George Michael (1963 – 2016) — Aventar

Anúncios