De volta aos treinos em campo pela primeira vez após a tragédia que vitimou quase toda a delegação da Chapecoense na Colômbia em novembro de 2016, o argentino Alejandro Martinuccio revelou a dificuldade de retomar o cotidiano sem aqueles que eram seus companheiros de trabalho e convivência. Muito emocionado, o atacante admitiu que foi difícil…

via Martinuccio admite dificuldade de conter a emoção em volta da Chape — Gazeta Esportiva

Anúncios