Protetor solar infantil: Veja como proteger a pele das crianças.

O cuidado com o sol tem de acontecer o ano inteiro, mas deve ser redobrado quando a temperatura sobe

Se você tem criança em casa, já sabe. Altas temperaturas combinam com brincadeiras ao ar livre e muita praia e piscina. Nesse cenário, os cuidados com a pele das crianças devem ser redobrados e o protetor solar é o grande aliado dos pais.

Por isso, listamos a seguir algumas atitudes para ajudar você a cuidar da pele do seu filho.

Faça passeios curtos e na sombra
Como não há estudos sobre a utilização de protetor solar em crianças menores de seis meses, os pais devem optar por passeios curtos pela manhã, até as 10h, ou no fim de tarde, após as 16h. Roupas frescas e acessórios como chapéu formam o combo de proteção nessa faixa etária.
Aconselhamos a usar protetor solar em crianças a partir dos seis meses, de preferência na versão infantil e que contenha menos substâncias alergênicas”, afirma a dermatologista Flávia Ravelli. 

Use filtro solar com FPS igual ou maior a 30
O fator mínimo de proteção solar (FPS) que Flávia indica para crianças é o 30.  Vale lembrar que, quanto maior for o FPS, mais a criança estará protegida.
A partir do sexto mês e até os dois anos, o protetor recomendado é o que traz no rótulo a indicação para essas idades, como a nossa Loção Protetora Bebê FPS 60/FPUVA 20, de Fotoequilíbrio. Trata-se de um filtro físico (minerais que ficam sobre a pele criando uma barreira de proteção). Ele ainda é resistente à água e ao suor por até seis horas.
Já a partir dos dois anos, filtros rotulados como infantil ou kids são a opção. O nosso portfólio apresenta a Loção Protetora Criança FPS 50/FPUVA 20, também de Fotoequilíbrio. Ela é fácil de espalhar, tem rápida absorção e também resiste à água e ao suor por até seis horas. 
Deve-se sempre passar o protetor solar, generosamente, 30 minutos antes da exposição solar e reaplicá-lo a cada duas horas. Dê preferência a produtos resistentes à água e ao suor”, recomenda Flávia.

Não use seu filtro solar na criança    
A pele do bebê e da criança é muito sensível. Por isso, precisa de mais atenção. Segundo a especialista, os filtros solares para adultos possuem mais substâncias químicas. “Escolha sempre a versão infantil para seu filho. Ela tem menos substâncias que podem causar intolerância na pele infantil. Nele, use um protetor solar 100% físico, também conhecido como inorgânico.”

Mantenha a pele hidratada
“A hidratação é muito importante para a pele, principalmente para as pessoas que vão à praia, à piscina e pegam sol”, diz Flávia. Uma pele hidratada forma uma barreira contra agressões externas como os raios solares. Por isso é importante que, depois da exposição solar, a criança tome banho e hidrate a pele. Nossa indicação é a loção Lero – Lero Hidratante 24h, da linha Naturé. Ela tem cheirinho de pera e vai deixar a pele do seu filho com uma sensação de refrescância.

Escolha proteção extra
Além do protetor solar, toda proteção extra é bem-vinda. Então, não esqueça dos chapéus, bonés, óculos escuros, guarda-sol e roupas com proteção solar. “Esse tipo de roupa consegue barrar até cerca de 98% da radiação ultravioleta. As peças são feitas com materiais fotoprotetores que repelem a radiação ultravioleta, impedindo-a de atingir a pele”, explica Flávia.
A dermatologista ainda chama a atenção para o uso do guarda-sol. “Os guarda-sóis de nylon deixam passar até 90% da radiação ultravioleta. O ideal é usar um com proteção solar – feito de lona ou de tecidos mais grossos”, finaliza Flávia.

*A dermatologista consultada nesta matéria foi ouvida como fonte jornalística, não se utilizando do espaço para a promoção de qualquer produto ou marca.

Os produtos citados acima estão disponíveis no meu espaço digital da Natura.http://bit.ly/td_online


Um comentário sobre “Protetor solar infantil: Veja como proteger a pele das crianças.

Os comentários estão desativados.